11
Fev 09

Escolhemos este tema pensando que já sabíamos tudo sobre esta doença, por isso, focámos o nosso trabalho mais em ajudar as pessoas que sofrem destes distúrbios, os seus familares, amigos e sobretudo em divulgar as caracteristicas e consequências, pois apesar de ser um tema debatido ainda existem imensas pessoas que continuam sem saber o que são realmente os distúrbios alimentares.

Tinhamos consciência da gravidade da situação mas não estávamos à espera de nos depararmos com pessoas que se agarram à anorexia (ana) e à bulimia (mia) como se fosse a única coisa importante nas suas vidas. Umas das coisas que nos levou a esta conclusão foi durante umas das nossas pesquisas na internet onde encontrámos imensos blogs de raparigas (sobretudo brasileiras) que utilizavam os mesmos como diário, onde podiam desabafar, contar o que lhes acontecia diariamente, tinham um registo de calorias e metas a alcançar, davam dicas de como esconder o problema e como não comer. Só para terem uma noção, um dos blogs dizia: "Ata uma fita vermelha à mão com a qual comes, dando tantos nós quantos quilos queres perder e sempre que fores para comer olhas para a fita e ao recordares os teus objectivos, resistes."

Portanto, o que no fundo pretendemos, é tentar fazer com que as outras pessoas entendam que estes distúrbios não são meros caprichos e que não basta obrigar estas pessoas a comer.

publicado por Jada às 09:11
sinto-me: motivado

Boa sorte com o trabalho, meninas e menino! ;) Quero ver aqui futuramente mais posts!

Beijinhos!
cancroap a 3 de Março de 2009 às 18:47

Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
Sobre Nós
Boas! Somos um grupo de trabalho da Escola Secundária de Linda-a-Velha e, no âmbito da disciplina de Área de Projecto estamos a realizar um trabalho sobre Anorexia e Bulimia. Vocês devem-se estar a perguntar onde pretendemos chegar com a criação deste blog. Bem, a resposta é bastante simples na verdade: primeiro, é bom que fique claro que nós não queremos de modo algum criticar ninguém, mas sim tentar alertar e/ou ajudar quem sofre destes distúrbios e quem convive com estas pessoas diariamente. Assim, contamos com a vossa colaboração e apoio! Obrigado!!! :)
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO